Seguindo a linha das imagens mentais, tentarei explicar através desta imagem figurada, o que acontece em nossa mente quando rememoramos uma imagem de um tópico.


Procuro a imagem de uma gota caindo de uma grande torneira imaginária, colocada no centro de um lago de águas cristalinas e totalmente em repouso.

 

A torneira é levemente acionada, como se a vontade do seu dono fosse apenas dar o pontapé inicial de uma gota.


Esta gota cai sozinha sobre a imensa superfície do lago. Imediatamente toda a superfície muda de cor, do cristalino para um amarelo ouro de intenso brilho, e o impacto causado pelo toque da gota na água gera uma seqüência de várias ondas, que se propagam por toda a superfície do lago.

 

O balanço da água sobre a cor amarela faz com que seu brilho se intensifique ainda mais, iluminando todo o ambiente. Em poucos instantes todo o lago está em movimento, como se tivesse acabado de acordar. O efeito daquela pequena gota será percebido durante muito tempo através do brilho refletido pelas águas do grande lago.

 

O trabalho que realizamos aqui, através desta imagem mental, nada mais é do que uma comparação ao que acontece quando nos dedicamos a ler um bloco de fichas.


A leitura de cada ficha é a gota que cai no imenso lago, que representa a nossa mente. A princípio a mente estava parada, como a superfície do lago, antes de ser tocada pela primeira gota. Visualizo o lago parado, aguardando o primeiro toque para se manifestar; e foi o que aconteceu com a leitura da primeira ficha. Recebemos um estímulo que afeta não somente aquele ponto, mas também todos os assuntos relacionados com o mesmo tópico. E da mesma forma que o lago se movimentou em toda a sua extensão ao toque de uma gota, também nossa mente se agitará por partes que nós nem estamos concentrados, mas que de alguma forma se relacionam com aquela ficha lida. Sem querer, estaremos levando luminosidade a pontos esquecidos de outros estudos.

 

É o que conhecemos por associação. Nosso cérebro raciocina assim, e quanto mais lermos os blocos de fichas, mais competente se torna nossa mente para fazer associações.


A leitura de um bloco de fichas gerará, inevitavelmente, uma série de vibrações em nossa mente, fazendo com que sejam lembrados pontos da matéria que nos servirão em momentos posteriores, à época em que eles forem os assuntos principais de uma questão.

A GOTA D'ÁGUA