O capítulo anterior sobre "não atirar para todos os lados" pode ser perfeitamente aplicado aos candidatos que estão prestando vestibular. O aluno ao mesmo tempo vai fazer vestibular para Engenharia na Universidade Federal, Letras na Universidade particular perto da casa dele e Medicina na Universidade Estadual.


São carreiras totalmente díspares, sem qualquer semelhança. Na verdade este jovem ainda não sabe direito o que quer. Não recomendo ao candidato escolher Medicina, Odonto e Biologia só porque são da área de ciência biológicas.

O candidato geralmente é muito novo, e é realmente difícil, senão impossível, saber o que quer para o resto da vida. 

Às vezes, não passar de primeira é uma bênção.


Escolha o que realmente deseja e não tenha medo da derrota só porque a concorrência é grande. Persista até conseguir. Mas faça isso com técnica. Não fique tentando apenas para dar uma satisfação para os seus pais e sociedade de que está estudando para alguma coisa, isso não dá futuro. Esqueça as pessoas, pense no que você quer e finque ali seu mundo.


Nem que demore 10 anos! Procure o que você quer. Busque o seu sonho, porque ele é único. Não deixe que a sociedade te empurre qualquer coisa.

AOS VESTIBULANDOS