MANHÃS GLORIOSAS

Falamos no capítulo anterior sobre a noite bem aproveitada. Agora vamos à continuação do processo: O ACORDAR.

A maneira como acordamos, assim como as primeiras ações que executamos, terão influência no restante de nossas atividades, como um efeito dominó, que se inicia quando damos o primeiro peteleco na primeira peça, que neste caso é abrir os olhos.

Tudo que mais queremos é manter um bom nível de energia para destinar aos nossos momentos de estudos. E a melhor forma de conservar uma boa vibração ao longo do dia, é acordar bem e não deixar que os problemas do mundo e as nossas preocupações pessoais drenem a energia que nos pertence a cada amanhecer.

Lembre-se de que temos um objetivo aqui: sermos melhores estudantes de competição. Então é natural a busca pela melhor forma física e mental para encarar os estudos e todas as atividades do dia a dia. Essa medida certamente repercutirá na qualidade de assimilação das informações que estamos obtendo.

Seguindo para o acordar: O DESPERTADOR.

Mundo ideal: acordar sem despertador. Acredite, se o seu sono estiver ajustado com a quantidade de horas necessária para a recuperação (entre 6 e 8 horas), você acordará sozinho, quase na hora exata em que está acostumado. Ou seja, o acordar começa quando vamos para a cama na hora certa na noite anterior, assim não precisaremos de despertador.

Se você sente a necessidade de acordar com um despertador, ou não quer correr o risco de se atrasar para o trabalho ou outro compromisso matinal, tente mentalizar acordar 10 minutos antes da hora programada no aparelho.

 

Por que isso é importante?

Porque o despertar natural é aquele que acontece ao final do seu último ciclo de sono, permitindo que seu nível de consciência percorra todo o caminho do sono leve ao profundo, e depois ao leve novamente, para então acordar. Lembre-se de que: 

_________________________

É NO SONO PROFUNDO QUE ACONTECE O PROCESSO DE

SOLIDIFICAÇÃO DAS INFORMAÇÕES ADQUIDRIDAS

NO DIA ANTERIOR

_________________________

Se formos despertados por um despertador, artificialmente, há o sério risco do processo natural do sono ser quebrado, e  aquela informação que estava sendo guardada em um local privilegiado, de repente, se perde em razão da bagunça provocada por um acordar no meio do sono profundo. Preste atenção que até o nosso humor é diferente quando acordamos naturalmente e quando se dá pelo toque enjoado de uma máquina mal educada.

Passemos a segunda etapa: abra os olhos e perceba o local onde você está, respire, agradeça por mais um dia com atividades produtivas, pela saúde. Espreguice. Esse momento não precisa durar mais que um minuto, mas ele faz a diferença porque mostra que você está no controle do início do seu dia.

Sente na cama, espreguice novamente. Esse é o seu primeiro alongamento do dia. Nada de tocar em celular, mesmo que você trabalhe com ele. Calma. Sinta o dia começando, se você é de oração, ore, se não, mentalize as atividades que vai encarar daqui a pouco, mas tente enxergar o que vem com um olhar otimista, ainda que seja aquele trabalho enfadonho e mal remunerado que você não aguenta mais. Pense por exemplo: é esse trabalho chato que está me motivando a estudar para encontrar uma ocupação melhor, que realmente me realize e logicamente, pague melhor. Então "obrigado meu trabalho atual". 

Se não estiver trabalhando e contar com a ajuda de pessoas nessa etapa de estudos, agradeça por essas pessoas e se comprometa a fazer valer o esforço de quem o ajuda.

Não digo que sempre seja possível emitir pensamentos construtivos pela manhã, sabemos que não é. Mas faça um esforço e encontre as brechas para ver naquele amanhecer uma oportunidade de crescer um pouco mais do que ontem.

Muito bem. Nada de celular e muito menos noticiários. Siga para os seus afazeres no banheiro. Tente reduzir a velocidade. Cuide dos dentes com calma, do rosto, cabelo. Se for tomar banho, gaste um minuto deixando a água cair na cabeça (muitas ideias surgem daí). E cuide bem do seu corpo, demonstrando que você está no piloto manual, não no automático.

Essas pequenas ações não tomam tempo, mas são difíceis de praticar porque temos a tendência de acordar já em ritmo acelerado, como é o mundo de hoje. Dormimos mal, hiper estimulados pela luz branca da tv ou do celular, além de suas programações, e acordamos sem a sensação da pausa reparadora. Pelo contrário, ainda achamos que perdemos tempo dormindo.

Revertendo os pensamentos matinais, desaceleramos e ganhamos controle sobre o início do dia.

Prepare com calma o seu café da manhã. Nada de celular ou tv ligados. No máximo coloque uma música, desde que não seja em rádio de notícias. A ideia é manter o vendaval do mundo lá fora. Nada pode tirar o seu equilíbrio matinal. Você não consome apenas comida no café da manhã, mas tudo que circunda a sua maneira de acordar. Alimente-se da própria calma que você projeta.

Não  pretendo dizer o que você deve comer. Creio que desde que seja sem exagero, tirando refrigerantes e bebidas alcoólicas, é possível ter uma manhã agradável e capaz de nos colocar pra frente. Mas apenas para dar um exemplo, eu costumo fazer um suco verde com: couve, maçã (verde ou vermelha), limão e gengibre. Às vezes faço umas variações incluindo maracujá, melão ou kiwi. Além disso, gosto de ter sempre na geladeira uns ovos cozidos, que como com alho cru; ou  então faço ovos fritos e como com torradas. Também como banana ás vezes. 

Mas, assim como fiz no capítulo sobre o sono, tenho que confessar que quando me preparava para a competição de estudos que venci, meu café da manhã era um pão com manteiga e ovos fritos, preparados com o melhor ingrediente do mundo: o carinho da minha mãe... Saudades.

Você não precisa ter os melhores alimentos do mundo, nem sempre dá, e outras vezes você não gosta mesmo. Mas se conseguir colocar na mesa um pouco de calma, gratidão e amor pelas pessoas que estão ao redor, o efeito para o espírito que se prepara para mais uma jornada, com certeza será benéfico. E é disso que precisamos, sair bem de casa para os nossos afazeres.

Outra dica é mentalizar três atividades que você vai cumprir ao longo deste dia. Pode anotar também, mas como sei que dificilmente temos paciência para fazer esta anotação, mentalize com clareza e tente cumprir. Não se imponha a tarefas muito mirabolantes, inexequíveis. Prometa-se o que é possível cumprir com um ritmo normal. Não adianta nada hoje você se estafar para bater uma meta, e amanhã estar no bagaço. A média dessa conta é menor do que a metade.

Se você tem o privilégio de poder ver o sol da manhã da sua janela, guarde alguns minutos ali, de olhos fechados, recebendo essa energia que alimenta o nosso planeta. O tempo de exposição dependerá de sua disponibilidade e, é claro, do limite do saudável. Inspire algumas vezes e atraia bons pensamentos de vitória, de realizações e gratidão. Se não é possível fazer isso da sua janela, quando sair à rua, procure se expor à essa luz magnífica, e silenciosamente, pratique seus melhores pensamentos de gratidão e realizações.

_________________________

NADA DE CELULAR E TV AINDA

_________________________

 

As más notícias do mundo (maioria absoluta do que é transmitido nos noticiários), não contribuirão para o seu sucesso. Farão apenas com que você fique tenso, preocupado e triste. Sentimentos que não contribuem com o ritmo que você precisa para decolar nesta manhã. Se tiver interesse em saber de alguma notícia, marque uma hora para fazer esse acesso, em um intervalo do trabalho, por exemplo, via celular ou computador, pois assim é mais fácil controlar o tempo de exposição. Sobre o celular e redes sociais, dedico um capítulo à parte.

Apenas para ilustrar com o meu exemplo, hoje não temos mais tv fechada ou aberta em casa. O motivo é facilidade que temos em obter tudo e mais um pouco via internet, com a imbatível vantagem de poder escolher a hora em que quero obter tal informação ou assistir uma programação específica. Ainda assim, não acessamos nada pela manhã, a não ser música para dar ritmo à casa. A diferença é palpável na forma com que saímos de casa, sem qualquer influência do mundo exterior.

_________________________

IDEIAS QUE VEM DO SUBCONSCIENTE

_________________________

Se você acordou com uma ideia diferente sobre alguma matéria (isso acontece às vezes), corra e anote um rascunho da ideia, só para não perder o fio da meada. São aquelas ideias que se não anotarmos rapidamente, elas se perdem em um limbo da mente que não dá para encontrar.

_________________________

DICA DE OURO

_________________________

E agora uma dica de ouro, que somente os estudantes que praticam este método terão à mão: se você tiver tempo suficiente, leia um bloco de fichas. Recorra à sua tabela de leitura de blocos e veja qual seria aquele que está mais tempo sem uma leitura. E caia dentro. Pode ser a leitura de meio bloco também. Ela dura em torno de 25 minutos, se forem exatamente a metade da quantidade de fichas de um bloco inteiro de 100 fichas.

Para os estudantes que separam a manhã para estudar em casa, recomendo mais fortemente ainda, começar com a leitura de um bloco de fichas. Depois, siga a sua programação normal de acordo com o cronograma de estudos diário programado.


Quem tem atividades na rua, já pode ir em paz e bem alimentado por uma manhã gloriosa. Tente manter este nível mental elevado em todos os ambientes que frequentar. Eu sei que é difícil, para não dizer impossível. O mundo tem tantas contrariedades. Mas vale a pena o esforço.

Aos que desejam uma leitura mais específica sobre como proceder nestas primeiras horas do dia, recomendo nas horas de lazer a agradável leitura do livro "O milagre da manhã", de Hal Elrod.