Este capítulo é quase a continuação do anterior, apenas dando uma ênfase aos filmes e a música.

 

Quando estudamos para um concurso público devemos dar atenção a todo o conjunto que vai fazer uma prova. Digo todo o nosso ser. Nós não vamos fazer a prova somente com o que lemos em um livro ou em 1.500 fichas. Na verdade, ali estará uma pessoa completa, cheia de desejos e ansiedades. Devemos trabalhar mais do que apenas o lado objetivo das matérias com todas as suas regras, detalhes, exceções e macetes.

Os filmes nos ajudam a criar esta imagem mental de campeões, de vencedores, de guerreiros. Quem vai para um concurso público disputado, como são os de hoje em dia, sem uma imagem mental de vitória, de luta, já começa atrás.

 

Quero chegar ao psicológico dos candidatos. Trabalhem com o auxílio dos filmes, as imagens mentais de vitória, de superação. Imaginem-se nos personagens. Isto é uma viagem mesmo, mas muito séria, e aproveite, ninguém está vendo o que passa na sua mente. É um movimento que pode fazer a diferença de milésimos entre quem ganha e quem só participa.

Quando nos sentimos inspirados à vitória, a própria dinâmica corporal muda, e a influência na postura sobre como vamos encarar a prova também melhora, ou seja, vira um círculo virtuoso: geramos um pensamento que influencia o corpo, que por sua vez, afeta positivamente mais pensamentos.

Recomendo que nas horas de descanso, você assista alguns filmes que inspirem esses pensamentos virtuosos. Hoje é a coisa mais fácil do mundo, temos a internet e todos os seus portais de streaming para trazer em segundos aquele filme inspirador.


Na verdade os filmes são apenas um meio para alcançarmos as imagens mentais que nos impulsionarão com mais garra ao objetivo traçado.


Outro meio interessante é a música. Gosto das instrumentais e dos discursos motivacionais.


Um exercício interessante é ouvir a música ou o discurso imaginando trechos de nossa vida de concurseiro, mesmo que eles ainda não tenham acontecido, ou melhor, principalmente aqueles que ainda não aconteceram.

 

No início imagine-se estudando, veja os cursinhos lotados, as aulas, a leitura de fichas, a matrícula no concurso. Em outra parte da música imagine-se fazendo a prova. Em outra veja a vitória, a aprovação. Imagine-se em uma história vitoriosa nos concursos com esta música de fundo.


Da próxima vez que estiver assistindo a um filme ou ouvindo uma música, veja se aquele personagem vencedor poderia ser um concurseiro, ou se aquela música poderia ser a trilha sonora da sua vitória.

OS FILMES