OS VÍCIOS

Se você gosta de tomar aquele cafezinho de duas em duas horas, e acredita piamente que isso te dá "energia", não serei eu aquele a estragar o seu prazer, ou vício, e dizer que você só vai passar em concursos se tirar isso da vida. Não é por aí. Quantos e quantos estudantes alcançaram a glória em seus certames, mesmo carregando vícios, ou apesar deles.

O mesmo pensamento tenho quanto ao cigarro, chocolate, refrigerante, álcool, junk food (comida sem valor nutritivo) ou qualquer outro produto que seu corpo e mente já estejam acostumados.


Coma seu chocolate, estude fumando, leve uma garrafa térmica de café só para você. Viva seus vícios, desde que não atrapalhem o estudo.

Mas vamos lá, agora faço o contraponto a estes três parágrafos acima. E resumo em uma palavra: SAÚDE. Ela teve que ficar em maiúsculo porque é a raiz de um desempenho extraordinário. 

Se você acha que vai bem nos estudos consumindo um determinado elemento nitidamente nocivo à saúde, mas que por algum motivo, talvez temporário, não te afeta, experimente retirá-lo gradualmente da vida. É possível que você precise buscar ajuda de profissionais ou mesmo estude o assunto em livros direcionados para que esse processo de transformação ocorra.

Costumamos negligenciar a saúde, principalmente quando um objetivo fixo de vencer em alguma situação toma conta dos nossos dias. Acabamos por dormir tarde, beber pouca água, comer a qualquer hora, qualquer tipo de comida, descansar pouco, recorrer aos industrializados por serem mais rápidos e práticos, enfim, um estilo de vida que acaba minando nossas energias e deteriorando o preparo físico e mental.

Porém, considerando que muitos já venceram assim mesmo, cheios de hábitos deletérios à saúde, a escolha é sua em continuar em um estilo de vida danoso ou buscar, passo a passo incluir hábitos saudáveis que fortalecerão o corpo, a mente e o espírito para encarar mais inteiro o desafio da competição. Cada vez mais, quem estuda para conquistar uma vaga, já percebeu isso.

Mas digamos que você não conseguiu retirar o vício do cigarro, por exemplo. Poderia ser do biscoito recheado, do refrigerante ou um doce incrivelmente açucarado. Então, adianto que no dia da prova estes vícios ficarão prejudicados. Neste caso você deverá pedir para dar uma saída rápida do local de prova para fumar, se isso for permitido, é claro. Na verdade, isso prejudicará seu tempo de prova, mas é muito pior continuar a prova pensando no cigarrinho que vai fumar assim que acabar. O resultado seria uma prova ansiosa e apressada.


Nos locais de prova, normalmente é proibida a entrada de biscoitos ou garrafas térmicas com refrigerante, suco ou água. No entanto nada impede que o candidato retire 5 minutos do seu tempo para pedir para ir ao banheiro, e nesta saída consuma uma barrinha de chocolate, biscoitos recheados que tanto ama, ou uma fruta para dar aquela recarga de açúcar perdido no decorrer da prova. O que estiver acostumado a comer na sua rotina de estudo.

Esse simples movimento aproxima seu estado mental daquele que está mais acostumado. O que  pode ser muito importante para restaurar o equilíbrio e diminuir a tensão do clima de prova.

Existem outros vícios comportamentais como televisão, redes sociais, celular, dormir tarde; os quais, de tão importantes, abordarei em capítulos a parte do livro.

Enfim, pretendo transmitir ao estudante, que mais do que aprender matérias, a vitória em competições de estudo depende de um conjunto de fatores, e entre eles, um dos mais importantes é o estilo de vida, o qual ultrapassa as informações de um único livro. Ou seja, você precisa estar em constante estado de desenvolvimento. Como dizia Steve Jobs: "Ter fome de aprender".